Marketplace, como funciona?

Atualmente, muitos gestores ainda têm dúvidas sobre o processo de venda pelo marketplace. Na verdade, esta modalidade de comércio pode ser compreendida como uma espécie de shopping virtual. Dessa forma, o funcionamento ocorre por meio de uma plataforma colaborativa no setor de compra e vendas. Com base nisso, é possível perceber que um marketplace se diferencia de um e-commerce tradicional e de um clube de assinaturas, por exemplo. Afinal, os esses ambientes tendem a reunir diversos lojistas, independentemente do nicho de atuação no mercado.

Uma grande vantagem para os vendedores consiste na visibilidade massiva, pois os produtos divulgados nesses espaços online tendem a alcançar um público maior, aumentando, assim, as possibilidades de vendas. A ideia central consiste em oferecer aos consumidores uma experiência similar a de um shopping, reunindo um grande número de lojas em seu escopo. No entanto, a vitrine é completamente exposta no mundo virtual, sendo possível encontrar diversos tipos de mercadorias pertencentes a diferentes marcas.

Venda pelo marketplace: como funciona?

Em primeiro lugar, para entender como a venda pelo marketplace ocorre, é fundamental compreender que esses espaços são divididos em duas modalidades: uma para o cliente e a outra para o lojista. Com base nisso, os vendedores têm a possibilidade de customizar o grupo de mercadorias a serem oferecidas, bem como de organizar a vitrine online de forma adequada e adaptada as suas necessidades.

Já para o cliente, o modo de visualização não oferece tantas diferenças quando comparado ao de um e-commerce tradicional. A única questão a ser considerada é possibilidade de encontrar um grande grupo de lojas durante o momento de busca. Sendo assim, os procedimentos adotados na hora de fechar uma compra são similares ao de uma loja virtual comum. Desse modo, a plataforma não trabalha redirecionando os clientes para o site das lojas anunciantes nem efetua um processo de cobrança separado.

Vale mencionar que um marketplace pode ser estruturado no intuito de trabalhar com uma segmentação específica, ou, como na maioria das vezes, atender a todas as lojas que almejarem marcar presença nestas plataformas. Nesse caso, os estabelecimentos de venda são agrupados de acordo com o segmento de mercado, como se fosse uma espécie de departamentos. Em muitas ocasiões a visibilidade dos vendedores aumenta consideravelmente, pois o processo de venda pelo marketplace pode ocorrer em plataformas muito populares e fortemente consolidadas no mercado. Sendo assim, esses ambientes tendem a ser acessados com frequência pelos mais diversos compradores.

Benefícios da venda pelo marketplace

Sem dúvida, o processo de venda pelo marketplace proporciona muitas vantagens para os lojistas. A seguir, confira algumas!

Público diversificado

O público que frequenta os marketplaces é extremamente diversificado. Sendo assim, pode-se dizer que grande parte desses usuários não encontraria a sua loja se os seus produtos não estivessem cadastrados nesses shoppings virtuais. No entanto, podem se interessar pelo seu estabelecimento ao perceberem várias mercadorias cadastradas de forma organizada e atraente.

Visibilidade

De fato, a visibilidade é uma das maiores vantagens de vender pelo marketplace, pois expor os seus produtos em uma plataforma pertencente a uma marca de grande expressão, com certeza, é um diferencial considerável para a sua loja. Para ter noção do tamanho do benefício, analise a grande quantidade de consumidores que visita essas vitrines online todos os dias. Desse modo, é possível que a sua loja consiga aumentar o volume de vendas após expor as mercadorias em marketplace expressivo.

Retorno elevado

A margem de lucros é considerada alta para a maioria dos lojistas que colocam a venda dos produtos nesses shoppings virtuais entre as suas estratégias. Ainda mais se levarmos em consideração os valores em relação aos gastos com marketing, tecnologias e mídia. Tenha em mente que, dificilmente, um vendedor consegue obter um bom retorno na venda das suas mercadorias se não investir em um processo eficiente de divulgação. Porém, a fazer o anúncio dos produtos em um marketplace não demanda investimentos adicionais. Portanto, basta divulgar o produto em sua vitrine online e aguardar as vendas.

Pouco investimento

Ao ser comparado com outras formas de divulgação, o investimento para anunciar nos marketplaces é considerado reduzido. Basta negociar com a plataforma o valor da comissão que será direcionada a ela. Alguns sites oferecem mais de uma opção, dessa forma, o lojista poderá escolher o valor que mais se adapta a sua realidade. Após isso, será possível expor as suas mercadorias e ganhar tráfego.

A venda pelo marketplace aumenta a relevância

Certamente, os seus produtos e a sua loja ganharão maior visibilidade, conquistando um bom número de visitantes e consumidores. Com base nisso, é possível mencionar que a sua vitrine contará com um aumento no volume de buscas diárias. Consequentemente, esse movimento ajudará a elevar a relevância da loja e das mercadorias perante o público. Dessa forma, a sua vitrine será facilmente encontrada pelas pessoas, ganhando uma grande importância no que diz respeito ao conceito de SEO.

Despreocupação com integração

Ao vender pelo marketplace, o lojista contará com uma infraestrutura oferecida pela plataforma em questão. Desse modo, não precisará se preocupar com as questões que envolvem o processo de funcionalidade do site como, por exemplo, a integração com as modalidades de pagamento e os códigos essenciais para o bom desempenho da loja online.

NotaOn – Sistema emissor de Notas Fiscais

Vale ressaltar que alguns marketplaces podem exigir a emissão de Nota Fiscal para as vendas realizadas, é aí que entra o NotaOn. Entre as várias funcionalidades, nosso sistema de controle empresarial tem o diferencial de realizar a emissão de Notas Fiscais a partir de qualquer lugar, e de forma simplificada.

Diversificação do portfólio

É comum que após conquistar um determinado volume de buscas mensais, a sua loja consiga realizar uma quantidade de vendas expressivas. Com base nisso, provavelmente, novas demandas surgirão, podendo representar um diferencial para o seu negócio. Resultado: o seu estabelecimento terá bases firmes para ampliar os tipos de produtos ofertados. Uma dica consiste em buscar novos nichos de mercado. Para isso, faça um estudo bem elaborado e procure descobrir algumas tendências. Desse modo, a sua marca conseguirá ampliar as possibilidades de venda e o retorno será cada vez maior.

Um novo ponto de vendas

Um marketplace pode ser compreendido como um novo ponto de vendas para a sua empresa. Desse modo, marcar a presença em um shopping virtual ajudará a sua empresa na busca por uma boa colocação no mercado. Além disso, considere que, possivelmente, os seus concorrentes também anunciam nesses espaços. A sua marca não vai querer ficar de fora da corrida competitiva, certo?

Gostou conteúdo? Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro das novidades!

compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Exclusivo para você!
Quer receber diretamente em sua caixa de e-mail nossos conteúdos e novidades? Deixe seu e-mail e tenha exclusividade!

Suas informações foram enviadas com sucesso. Em breve nossa equipe entrará em contato.

Fale mais sobre você e nosso time entrará em contato com a sua empresa!

Fale mais sobre você e nosso time entrará em contato com a sua empresa!